A EAJ

 

A Escola Agrícola de Jundiaí foi criada em dezembro de 1949, na localização na antiga Fazenda Jundiaí, distante 3 Km da sede do município de Macaíba, e a 25 Km de Natal, capital do Rio Grande do Norte. Em 1967, foi incorporada à Universidade Federal do Rio Grande do Norte, passando da condição de Órgão Suplementar para Unidade Acadêmica Especializada em Ciências Agrárias, integrada à estrutura administrativa e de ensino da UFRN. Como unidade das atividades de ensino, pesquisa e extensão em Ciências Agrárias, visando a integração entre as suas várias subáreas de conhecimento mediante aperfeiçoamento do ensino prestado, o que requer estruturação de bases e grupos e pesquisas voltados especialmente ao desenvolvimento tecnológico das cadeias produtivas agroalimentares e agroindustriais.

Atualmente, a Escola Agrícola de Jundiaí atua no ensino médio, técnico, graduação e pós graduação. A EAJ conta com o curso Técnico em Agropecuária, Curso Técnico de Agroindústria, Curso Técnico em Informática e Curso Técnico em Aquicultura nas modalidades integrado ao ensino médio e subsequentes, Curso de Graduação em Zootecnia, Engenharia Florestal e Agronomia, além dos cursos de Mestrado em Produção animal e em Ciências Florestais.

O ensino, a pesquisa e a extensão vêm sendo amplamente difundida entre todas estas modalidades de ensino. Novos projetos e programas como o PRONATEC vêm sendo inserido no contexto educacional principalmente por possibilitar uma ampliação do público assistido pela instituição.

Atendendo a expectativa e acreditando no que estabelece o Programa Nacional de Acesso ao Ensino e Emprego - PRONATEC, a Escola com o seu potencial de docentes e dos seus técnicos em educação, aliados a estrutura física de alojamentos, refeitório, salas de aula, laboratórios, setores de produção agropecuária e de agroindústria, se propõem a participar desse Programa Nacional, no atendimento de suas diretrizes.